19 março 2011

MENSAGEM DE UM GRANDE SER DE SÍRIUS e “NOSSO LAR” – O filme baseado na obra de Chico Xavier

NOSSO LAR

 

Para os que ainda não assistiram ao filme, trata-se de uma cidade construída no ‘plano astral’ e para onde são resgatados seres que, após a morte física, ainda se encontram perdidos pelos caminhos da evolução espiritual. Este ambiente cósmico possui uma frequência vibratória superior a uma espécie de “purgatório”, que no filme é denominado “umbral”, para onde vão os seres que ainda se encontram prisioneiros do egoísmo e dos vícios adquiridos, enquanto encarnados na vida terrena.

Trata-se de um maravilhoso trabalho de resgate da moral e do espírito de fraternidade, que realizam seres voluntários onde, paralelamente ao exercício da “caridade cristã”, igualmente buscam superar seus próprios defeitos de caráter que, invariavelmente, se manifestam como consequência do egoísmo.

Segundo mostra o filme, as pessoas residentes na cidade “Nosso Lar” recebem aos que chegam da experiência pós-morte e, ocasionalmente, resgatam as almas que, diante aos sofrimentos auto-impostos em seu período de permanência no referido “umbral”, já chegaram ao arrependimento de seus atos anti-cristãos, normalmente executados ou reforçados durante sua última encarnação, assim encontrando-se prontos para a etapa conhecida como “regeneração”.

Gostaria de comentar com os amigos do ‘Projeto Luz Consciência’ que, durante o filme, um dos espíritos que prestam assistência caridosa aos referidos necessitados afirma que “a vida na Terra é uma total ilusão, ao contrario da vida pós-morte, no plano astral”, sendo esta, por eles, considerada como a verdadeira vida, ou ‘vida real’.

Porém, segundo orientações dos Mestres Ascensionados, a Verdade ou Vida Real somente se manifesta quando o ser passa a integrar-se com a Divindade que existe em seu interior, ou seja, a expressar a Consciência Cósmica e o Amor Universal, em toda a sua maravilhosa extensão. É tornar-se absolutamente holístico, com a consciência atuando em todas as dimensões do Ser; é estar unificado com o ‘Todo’, o que compreende o Deus em nós, à natureza e a todos os demais seres humanos, sejam eles encarnados ou não, terrestres ou não.

Talvez, a mãe do protagonista deste filme, ali representado pelo espírito de André Luiz, seja um exemplo de “vivência real”, uma vez que é indicada como proveniente das “esferas superiores” ou oitavas da luz acima da quarta dimensão, onde o plano astral se manifesta. Ainda que dentro da dimensão astral existam diferentes escalas ou níveis de intensidade vibratória, é somente na quinta dimensão que atua o corpo incorruptível do ser, o ‘Mental Superior’, plano este onde igualmente atuam os Mestres Ascensionados e as Legiões Angélicas.

Vão para a ‘quinta dimensão’, durante o sono e mesmo após a morte física, somente os seres que na Terra têm conquistado um bom nível de integração à sua Essência Divina, como também os seres que atingiram a ascensão de seus corpos físicos, ou seja, a mesma realizada por Jesus Cristo, assim mesmo como ele afirmou, “que todos igualmente a realizaríamos, um dia, e muito mais.”

Estes, não mais terão que passar pelos sofrimentos do “umbral” e tampouco pelas cidades astrais, caso não seja esta uma opção exclusivamente sua, a de ajudar de maneira direta aos seres que se encontrem em situações de evolução menor. Este é, sem dúvida, um trabalho maravilhoso que ainda será necessário por um período de vários séculos.

Segundo informações ascensionadas, os seres humanos, como um todo, somente atingirão sua Ascensão ao final da presente Idade de Ouro, ou seja, dentro de dez ou doze mil anos, ainda que este impulso cósmico que agora está recebendo o planeta Terra, rumo à Nova Era de Aquarius, seja uma extraordinária oportunidade de

atingir-se a Iluminação e a Ascensão em um espaço de tempo bem mais reduzido.

Para estes, existe a possibilidade de continuarem habitando o planeta em corpos tridimensionais durante o tempo que quiserem e sempre conservando a juventude e aparência que mais lhes aprouver.

É a vitória do ser humano, diante do enigma da “morte ilusória”.

Quando a “separação do joio e do trigo” estiver totalmente concluída, ou seja, quando as almas que ainda atuam segundo as terríveis leis do egoísmo e do individualismo tiverem partido para os planetas de evolução menor, com a finalidade de ali continuarem sua evolução, então a existência do chamado “umbral” já não terá sentido, uma vez que a “Lei de Causa e Efeito deixará de aqui atuar, já que todos os que aqui permanecerem estarão vivendo segundo a ‘Lei da Graça’ e da Fraternidade, sob a egrégora do Amor Universal.

Com relação ao anteriormente exposto, transcrevo a seguir uma mensagem do Mestre Ascensionado que, tendo vindo de Sirius, hoje em dia tem a Missão de distribuir o 12º Raio Cósmico, do Amor Universal, para o planeta Terra. Ele se chama ‘Vóltica Parcos’, foi discípulo direto do Mestre Kuthumi, durante algumas existências, e sua “vida” mais significativa, junto ao Mestre, foi como Frei Leão, assim mesmo como São Francisco de Assis (Mestre Kuthumi) o chamava.

Mestre Vóltica Parcos também atuou como “Tiradentes” (Joaquim José da Silva Xavier), ajudando a direcionar e “ancorar” a ‘Energia da Idade de Ouro’ neste grande coração que o Brasil é. Este formato é um sinal claro da missão que possui esta nação brasileira, junto ao atual cenário de transição planetária rumo à Nova Era.

Segue então, para os amigos e amigas do ‘Projeto Luz Consciência’, o referido segmento da mensagem de Vóltica Parcos, contendo importantes informações sobre o plano astral e o fenômeno da mediunidade:

 

Para o entendimento do homem comum, a espiritualidade está em ligação estreita com a capacidade de comunicar-se com outros planos. Mas, isto não é verdadeiro. Esta sensibilidade que alguns humanos possuem, de entrar em contato com o plano astral ou psíquico, deveria ser usada, se eles acharem necessário, ancorada em instituições idôneas que realizam com seriedade este tipo de trabalho na Terra, pois cumpre-me alertá-los para o grande perigo que ela significa, quando usada individualmente, sem a proteção de uma egrégora digna e responsável.

O plano astral é o plano mais próximo do físico e todo ser possui um corpo astral, “o corpo das emoções”. A grande maioria dos homens na Terra está profundamente ligada a este corpo e o próprio planeta está envolto nas vibrações desordenadas deste plano.

O ser, psiquicamente sensível, é presa fácil de entidades que vivem neste estágio após a morte e, por isso, muitos que teriam possibilidade de atingirem seus corpos superiores, ficam presos nesta sensibilidade psíquica que, tal qual um véu, impede sua ligação com sua própria Essência Divina.

O fato de possuir-se o mais amplo foco de visão ou audição, não faz ninguém superior aos demais e acreditar-se “iluminado”, por causa disso, vaidoso deste falso poder, é normalmente a fenda aberta pelo sensitivo para a atuação das forças inferiores nele. Este é o perigo.

O homem da Terra, normalmente, não se dedica ao auto-conhecimento e, quem não conhece a si mesmo, aos próprios pensamentos, pode tomar como suas as sugestões de outros seres… Além disso, também ser envolto pelos pensamentos coletivos, que estão por toda parte na Terra, é perder-se, vítima que será dessa sensibilidade desordenada. Quando começa a se tornar vaidoso e julgar-se superior aos demais, se está envolvido pelo plano mental inferior que, assim como o astral, deveria, em situações normais, ser evitado.

A questão da sensibilidade deveria ser tratada com maior responsabilidade pelos homens, pois o ser que aprende, através da meditação, a conhecer a si mesmo e a contactar seu ‘Deus Interior’, não necessita ser um sensitivo (ou basear-se nas perigosas sugestões de alguns deles), pois, uma vez integrado à sua Extensão Divina, terá ao seu alcance ‘todo o conhecimento do Universo’, com possibilidades muito maiores de auxiliar à humanidade.

Aquele que busca a Ascensão deve desapegar-se de seus corpos inferiores e suas manifestações, buscando apenas o contato com seus corpos superiores, assim como o Mental Superior, que é o intermediário entre o ser no plano físico e a Toda Poderosa Presença ‘AYAM’.

A grande lição que o homem tem para aprender, na Terra, é buscar, sempre, a integração com a sua ‘Fonte Divina’. Afinal, ‘porque ir atrás de um vagalume, quando há um Sol esperando por vocês’?!

Vóltica Parcos

----

Por Ricardo Oliveira


Compartilhe com os amigos ♥



2 Comentários:

Milagil disse...

Gracias Ricardo por tan buena información.
Así será más rápido nuestro despertar.

estranhasedução2012 disse...

Muito interessante o blog, ainda nao vi o filme... mas vou assistir agora nas férias.

Sobre o que voce colocou no texto sobre a iade de ouro eu postei no meu blog com a previsão de Nostradamus, foram uns dos textos mais lindos que ele ja escreveu na minha opinião, realmente da uma esperança bem otimista sobre a humanidade.
to seguindo, e parabéns pelo blog
beijos e boa semana ^^

Postar um comentário

Seja bem vindo!

Sinta-se a vontade para comentar os artigos e compartilhar seus pensamentos conosco. Muito obrigada por sua presença!

• Se desejar enviar um email, visite a página de CONTATO.

Um abraço Fraterno ॐ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ॐ Licença e Direitos Autorais


Creative Commons License

Projeto Luz Consciência 2009 / 2011 por Ricardo L. de Oliveira * Esta obra está licenciada sobre uma Licença Creative Commons.

ॐ Créditos

Design by ♥ Lucy ♥
Amor e Paz Sem Fronteiras

  ©Direitos reservados Luz Consciência | Por Luz Consciência | Design by Lucy ♥ | Modelo DB3.0 | Powered by Blogger

TOPO